19°C 27°C
Guarabira, PB
Publicidade

Quem é Peixão? Chefe do tráfico no Complexo de Israel se apresenta como evangélico e proíbe funcionamento de terreiros

Álvaro Malaquias Santa Rosa é citado em 26 processos e tem 35 anotações criminais

10/07/2024 às 10h02 Atualizada em 10/07/2024 às 10h06
Por: Redação Fonte: Extra
Compartilhe:
Quem é Peixão? Chefe do tráfico no Complexo de Israel se apresenta como evangélico e proíbe funcionamento de terreiros

Álvaro Malaquias Santa Rosa é reconhecido por três apelidos: Peixão, Alvinho ou Aarão. Ele é considerado chefe do tráfico no Complexo de Israel, nome escolhido por ele para batizar, em 2020, o conjunto de favelas formado pela Cidade Alta, Parada de Lucas, Vigário Geral, Cinco bocas e Pica-Pau. As cinco são dominadas pelo Terceiro Comando Puro, a segunda facção mais presente no Rio.

Peixão tem uma extensão ficha policial, com mais de 35 anotações criminais e 26 citações em processos que tramitam no Tribunal de Justiça do Rio. Desses últimos, 13 resultaram de inquéritos policiais sobre homicídios ou tentativas de homicídio, 12 sobre tráfico de drogas e um por organização criminosa. Atualmente, há seis mandados de prisão em aberto contra ele.

Nas comunidades onde atua, Peixão é conhecido pelo fundamentalismo religioso. Ele se apresenta como evangélico e costuma usar a rádio local para fazer orações e narrar "visões proféticas". Além disso, é acusado de atuar com intolerância contra religiões de matrizes africanas, chegando a proibir o uso de roupas brancas pelas pessoas, assim como de fomentar a destruição de terreiros.

Em uma das incursões no Complexo de Israel, os agentes encontraram um esconderijo subterrâneo que seria usado por Peixão. No local, encontraram um enorme painel na área externa com uma pintura reproduzindo parte da cidade de Jerusalém. Em outro, localizaram um exemplar de luxo da Torá, o livro sagrado de escrituras religiosas judaicas.

Apesar de integrar a cúpula do TCP, Peixão costuma ter autonomia para chefiar o tráfico nas comunidades que controla os territórios, sem sofrer interferências da facção criminosa. Segundo a polícia, o bandido já chegou a ficar escondido fora do Rio, em Santa Catarina, usando documentos falsos. Em 2017, para escapar de cerco policial, após rechaçar uma tentativa de invasão de uma facção rival à Cidade Alta, Peixão teria sido o responsável por ordenar a queima de veículos para dificultar o deslocamento de viaturas. Na ocasião, nove ônibus foram queimados e dois caminhões incendiados em vias expressas como a Avenida Brasil, Linha Vermelha e a Rodovia Washington Luís. Por conta do tumulto, o traficante conseguiu fugir.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Guarabira, PB
21°
Tempo nublado

Mín. 19° Máx. 27°

21° Sensação
3.64km/h Vento
87% Umidade
100% (0.91mm) Chance de chuva
05h34 Nascer do sol
05h21 Pôr do sol
Sex 28° 19°
Sáb 27° 19°
Dom 25° 19°
Seg 26° 18°
Ter 26° 20°
Atualizado às 06h23
Publicidade
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,49 +0,04%
Euro
R$ 6,00 +0,05%
Peso Argentino
R$ 0,01 +0,80%
Bitcoin
R$ 375,619,32 +0,63%
Ibovespa
129,450,32 pts 0.26%
Publicidade
Lenium - Criar site de notícias